Quem por aqui passou...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Asteróide YU55


Asteróide YU55, o corpo celeste atingiu uma distância mínima de 325 mil quilômetros da Terra. É menos do que o espaço que nos separa da Lua e a menor distância de um corpo celeste de grande porte dos últimos 35 anos.
Segundo comunicado da NASA, seus 400 metros de diâmetro não foram suficientes para que sua influência gravitacional tenha causado nenhum efeito perceptível.
Do tamanho de um porta-aviões e com velocidade de mais de 325 mil quilômetros por hora, o corpo espacial vinha sendo observado de perto pelos astrônomos. O risco de colisão já havia sido descartado com antecedência.
O 2005 YU55, descoberto seis anos atrás, é um corpo esférico e de cor de carvão. Sua órbita inclui trânsito periódico por Marte e Vênus, mas ele só deve voltar a ficar tão próximo da Terra daqui a 200 anos.
Bem antes disso, em 2028, teremos uma nova visita de um outro asteroide ainda mais próximo - mas igualmente sem riscos, segundo informações da NASA.
A NASA está usando dois gigantescos radiotelescópios para observar o YU55. O primeiro, em Goldstone, na Califórnia, conta com uma antena móvel de 70 metros de diâmetro. O segundo é o conhecido radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico, com antena fixa de 305 metros de diâmetro. Com esses instrumentos, a agência espacial americana espera obter imagens detalhadas do corpo celeste.

Sem comentários:

Enviar um comentário

o teu sonho colorido...